Skip to content

Estado Islâmico provoca crise moral no mundo civilizado

by Leonardo Allevato on janeiro 31st, 2015

Gostei muito do comentário do Arnaldo Jabor no Jornal da Globo do dia 29 de janeiro de 2015 e resolvi transcrevê-lo aqui.

O Estado Islâmico não é um Estado, é um pesadelo que está provocando uma crise moral no mundo civilizado. Eles jogam com o choro do Ocidente, paralisado com seus velhos sentimentos, tais como compaixão, perdão, ética. São valores inúteis diante da brutal frieza dos assassinos. A grande descoberta desses terroristas foi a mídia. O Estado Islâmico é quase virtual e modernizou o terror. Trabalham e matam pela internet e seduzem malucos daqui para se unirem a eles e depois voltarem para atacar seus compatriotas. As aparições do Estado Islâmico na TV degolando gente provocam uma duvida: negociar ou não com eles? Um país pode negociar com loucos? Como trocar um homem só por uma mulher que matou 60 pessoas? Quanto vale um jordaniano? Ou um japonês? Daqui a um tempo pode surgir um mercado de criminosos e vítimas: um refém americano vale tanto, um japonês vale tanto. Acaba havendo tabela de preços, etiqueta no peito de possíveis prisioneiros. É uma humilhação histórica: o Ocidente implorando prazos a loucos! É a mesma coisa que negociar com assaltante a mão armada. Aliás, isso é uma causa perdida, porque a ideia dos terroristas é sinistramente genial: se pagarmos o resgate, fomos humilhados e ofendidos; se não pagarmos, eles matam os reféns e a culpa será nossa. Ou seja, eles ganham nas duas hipóteses.

Confira abaixo o vídeo com o comentário:

 

 

From → Política

No comments yet

Leave a Reply

Note: XHTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to this comment feed via RSS